Precisamos de uma decisão que pacifique o País, diz Viana

dezembro 06, 2016Senador Georgino Avelino Minha Cidade

viana entrevista 0612
Foto: Alessandro Dantas
O senador Jorge Viana (PT-AC), primeiro vice-presidente do Senado, foi entrevistado no começo da noite desta terça-feira (6) por repórteres da grande imprensa que queriam saber quais os próximos passos para contornar uma das maiores crises que o País já viveu. “Nesse momento delicado, temos que reunir o que temos de melhor em nós e não o pior. Fui eleito primeiro vice-presidente e, ao contrário do que fizeram com o nosso governo, de Dilma, não gostaria de ver o Senado ter dois presidentes ao mesmo tempo. Além disso, daqui a 40 dias nem eu e nem o senador Renan Calheiros estaremos na presidência e na vice”, disse ele.
Jorge Viana considera fundamental pacificar a crise institucional que se instala no País e não o contrário. Ele disse que a decisão da Mesa Diretora, que levou a assinatura dele, não quis desrespeitar o Supremo Tribunal Federal. “Posso dizer que nós não tivemos a mesma postura que eles (oposição) tiveram com a gente. A situação do País não pode se agravar mais ainda, onde só os mais pobres são os maiores prejudicados”, afirmou.
Crise anunciada

VÍDEO: entrevista do senador Humberto Costa
Instantes depois, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), também foi abordado por jornalistas e fez questão de observar que a grave crise institucional por que passa o País já havia sido anunciada pelos senadores e movimentos de esquerda desde que todas as convenções foram quebradas para apear Dilma Rousseff do cargo. “No momento em que decidiram derrubar a presidenta Dilma apostaram no imprevisível. Estamos vivendo aquilo que denunciávamos: o caos”, declarou.

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

NOSSA PÁGINA

Contatos:
(084) 99212 - 7306
marconeptgeorgino@hotmail.com
Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Informações 24/7