Moradora desabafa e relata insatisfação com atual administração do município de Georgino Avelino

julho 21, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
 Nesta sexta-feira 21 de julho, a moradora Zélia Soares procurou nossa equipe para repudiar sua indignação/insatisfação com ações acontecidas no município de Senador Georgino Avelino/RN.

Em conversa, a moradora afirma que seu esposo foi retirado da lista de Beneficiamento do Programa do Leite na cidade, mesmo estando nos parâmetros legais do Programa do Governo do Estado. Seu esposo de 71 anos de Idade é hipentense, por isso também necessitava muito do leite que o Governo do estado distribui.

Zélia nos relatou ainda sua insatisfação com muitas iluminações queimadas em ruas na sede do município, diversos pontos apagados e nenhuma providência tomada por parte do executivo municipal. Portanto, a mesma repudia estes últimos acontecimentos, e destaca ainda a implantação de relógios em residências por parte da CAERN. Com a implantação designa taxas altas, porém a qualidade da água nas residências não compensa os valores pagos.

Finalizando ao Blog, nos relatou também a insatisfação de diversos Pais com a Escola Monsenhor Pegado, pois, nos dias de chuva aulas são dispensadas devido o estado em que se encontra o prédio escolar (Nesta sexta-feira (21) as aulas dos dois turnos foram dispensados por causa da chuva), e assim prejudicando o ensinamento aos principais necessitantes que são os alunos. Em avaliação a atual administração do município, a mesma nos afirmou que considera "Péssima".
Image and video hosting by TinyPic

Georgino Avelino: Só agora entendi o que o povo falavam

julho 21, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Só agora entendi o lema que a população Georginense e Carnaubense levou em 2012 quando um dos Jingles de Campanha do ex - prefeito Edval Bezerra bradava aos cantos do município durante o período de campanha. Quem não se lembra do tão falado jingle "♫O baixinho do povo é bom demais, eu quero ver você fazer o que ele faz!♫", pois é, só agora entendi o que o povo queriam dizer. Porque até agora não conseguimos enxergar nada além do que foi feito ao período de 2013 a 2016, todos sabem das críticas que se faziam com razão no período, principalmente chuvoso, com a RN do município, mas, foi feito melhorias no período do ex - prefeito Edval Bezerra, não para sanar de uma vez por todas mas para amenizar os problemas que aconteciam.
No início de seu mandato, o ex - prefeito começou a olhar os desafios que tinha pela frente no município e assim tirou de seu governo parte da Elite que predominava a bastante tempo exercendo cargos no executivo municipal, para assim, não tornar a Prefeitura municipal uma cabide de empregos, mas para que o desenvolvimento começasse a chegar no município.
Resultado de imagem para operação tapa-buraco em georgino Avelino
Com os desafios que todas gestões enfrentam, o ex - prefeito conseguiu conter gastos e não só fez um legado deixando a rodovia sem que sofresse perigo para os que trafegavam, mas sim, fez história em conserguir erguer a bandeira da honestidade no município, para não somente administrar para aqueles que votaram em sua pessoa, mas também administrando para com todos, sem precisar cortar da lista, beneficiários de programas sociais do governo que não votaram a seu favor.
Resultado de imagem para operação tapa-buraco em georgino Avelino
A situação da RN 002 nos dias atuais já não é mais a mesma como antes, hoje em dia, estamos vendo o desgaste e o descaso em que se encontra um dos pontos mais acessíveis do município. O ex - prefeito não esperou somente pelo Governo do estado para que iniciasse o processo de recapeamento da RN, mas, junto com servidores propôs também, para que de modo amenizasse os perigos para com os trafegantes da 002.
Resultado de imagem para operação tapa-buraco em georgino Avelino
Outro legado foi também na iluminação pública onde conseguiu restaurar todos os postes que estavam apagados no município, conseguindo ainda acrescentar mais iluminações no município, dentre eles, do retorno localizado na Sede até o Terminal Turístico da Barragem.
Resultado de imagem para operação tapa-buraco em georgino Avelino

Resultado de imagem para operação tapa-buraco em georgino Avelino

Resultado de imagem para operação tapa-buraco em georgino Avelino

Imagem relacionada

Imagem relacionada

Resultado de imagem para operação tapa-buraco em georgino Avelino

Imagem relacionada
Image and video hosting by TinyPic
RN

MORRE MARCO AURÉLIO GARCIA, EX-ASSESSOR ESPECIAL DA PRESIDÊNCIA

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Morreu nesta quinta-feira, 20, Marco Aurélio Garcia, ex-assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais; ele tinha 76 anos e foi vítima de um infarto fulminante; Marco Aurélio Garcia foi um importante líder na construção e execução da política externa brasileira durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; foi um dos idealizadores dos Brics e do fortalecimento das relações Sul-Sul; filiado ao PT, Garcia era professor aposentado do Departamento de História da Unicamp e historicamente vinculado à esquerda

247 - Morreu nesta quinta-feira, 20, Marco Aurélio Garcia, ex-assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais. Ele tinha 76 anos e foi vítima de um infarto fulminante.

Marco Aurélio Garcia foi um importante líder na construção e execução da política externa brasileira durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foi um dos idealizadores dos Brics e do fortalecimento das relações Sul-Sul.

Filiado ao PT, Garcia era professor aposentado do Departamento de História da Unicamp e historicamente vinculado à esquerda.

Mais informações em instantes. 

Atual política externa do Brasil é "um desastre"

Em entrevista ao 247 em março deste ano, Marco Aurélio Garcia criticou a política externa do Brasil no governo de Michel Temer. Para ele, o mundo não via mais o Brasil. 

"Nós jogamos fora a política sul-americana", afirma, lembrando-se de uma metáfora futebolística feita pelo economista Luiz Gonzaga Belluzzo. "Estamos indo para a terceira divisão ou para a quarta divisão do campeonato mundial. Nos marginalizamos". De acordo com ele, o mundo "não está vendo" o Brasil nesse momento.

"Antes, éramos acusados de fazer política ideológica, mas nós fazíamos política com os governos da região. Agora, tanto o ministro [José] Serra quanto o Aloysio Nunes procuraram, sim, fazer uma política ideológica, mas uma política ideológica de direita, se associando com setores de oposição na maioria dos países, na Venezuela em particular, e com isso, perdendo a oportunidade de exercer uma função mediadora", avalia.

Garcia criticou ainda o que chamou de "paspalhada tremenda da carne", que "num clique" destruiu o que foi trabalhado durante 13 ou 14 anos para se abrir e conquistar o mercado internacional nesse setor. "Isso arruinou o comércio internacional, vamos ter um prejuízo de 2 a 3 bilhões de dólares, que é mais ou menos o que foi feito em outras áreas, como das empreiteiras", exemplificou, em referência à Operação Lava Jato.

"Vamos ter claro o seguinte: ninguém está defendendo arbitrariedades cometidas por empresas privadas, têm que ser fiscalizadas, punidas. Mas tivemos aí uma ação espetacular, como têm sido todas as ações do governo, que se utiliza disso para lançar pó nos olhos da sociedade brasileira e impedir que ela acompanhe os verdadeiros problemas que o Brasil vem enfrentando", conclui.

Assista à entrevista: 
Image and video hosting by TinyPic
RN

Saiba porque os riscos de infarto aumentam em até 30% no inverno

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Por Redação

As baixas temperaturas do inverno fazem aumentar em 30% o risco de infarto, principalmente em pessoas que apresentam fatores de risco. Entre as pessoas idosas este índice pode chegar a 44%. Hipertensos, diabéticos e obesos estão entre os que sofrem maior risco. No frio as artérias ficam mais resistentes e, com isso, a pressão arterial aumenta, deixando o sangue mais viscoso, favorecendo a ocorrência do infarto. Além disso, há uma tendência no aumento dos processos inflamatórios de vias aéreas. Com isso, as artérias e os vasos ficam inflamados.

Segundo o cardiologista e responsável pelo Clinic Check-up HCor (Hospital do Coração), em São Paulo, Dr. César Jardim, a chegada do frio torna o cenário ainda mais perigoso às pessoas que têm muitos fatores de riscos para as doenças cardiovasculares. “Por isso, é imprescindível realizar o check-up cardiológico anualmente, praticar exercícios físicos com orientação de especialista e, ainda, consumir alimentos saudáveis, evitar gorduras e sal em excesso”, salienta.

Principais fatores de risco

Tabagismo, hipertensão, sedentarismo, obesidade e estresse lideram o ranking dos principais gatilhos que predispõem ao infarto. Entre os sintomas, a dor no peito com a sensação de irradiar para o braço esquerdo, é um dos principais. De acordo com o cardiologista do HCor, ela pode ser acompanhada de tontura, náuseas e suor intenso.


Fonte: Notícias ao Minuto
Image and video hosting by TinyPic
featured RN

Cessão de imóvel da DRT ao Itep vai fortalecer órgão, avalia Robinson

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Redação

A cessão do antigo imóvel da Delegacia Regional do Trabalho (DRT) ao Estado para acomodação de uma nova instalação do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foi formalizada nesta quarta-feira 19 com as assinaturas de acordo junto ao Governo Federal.

Segundo o diretor-geral do órgão, Marcos Brandão, a aquisição deste espaço será fundamental para oferecer um melhor atendimento à população. “Neste novo prédio irá funcionar o Instituto de Identificação, que terá uma grande central para emissão de identidades. Com isso nós vamos desafogar as centrais do cidadão e prestar um melhor serviço à sociedade”, destaca.

Além de abrigar o Instituto de Identificação, num segundo momento o imóvel também vai abrigar o Instituto de Criminalística, que é o responsável pelas perícias do Estado.

Para o governador Robinson Faria (PSD), o órgão de perícia fica fortalecido com a transferência de posse do prédio. “Esta ampliação do ITEP é mais uma ação do Estado para contribuir com a Segurança Pública do Rio Grande do Norte”, destaca.
Image and video hosting by TinyPic
Esporte

Justiça da Espanha emite ordem de captura contra ex-presidente da CBF

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Redação

A Justiça espanhola teria emitido uma ordem internacional de busca e captura contra o ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira. A informação foi revelada pelo site espanhol de notícias Cronica Global. O motivo seria sua participação no esquema montado por Sandro Rosell para desviar milhões de dólares em jogos amistosos da seleção.

De acordo com a imprensa espanhola, a ordem teria partido da juíza Carmen Lamela, da Audiência Nacional. “Teixeira obteve, de forma indireta, mediante a um emaranhado societário que se nutria da renda do acordo da ISE para a Uptrend, grande parte dos 8,3 milhões de euros que a ISE transferiu para a Uptrend pela suposta intermediação desta última”, afirmou. A decisão da juíza seria do dia 12 de junho.

A ordem foi dada 15 dias depois da prisão de Rosell e quando os procuradores Vicente González Mota e María Antonia Sanz solicitaram que a Audiência Nacional emitisse a decisão de captura ao brasileiro. Se fosse, de fato, detido, Teixeira não seria extraditado para a Espanha, onde é acusado de fazer parte de uma “organização criminosa”. Como regra, o Brasil não extradita seus nacionais.

Informações reveladas ainda em 2013 mostram que acordos secretos permitiram que a renda dos jogos da seleção fosse desviada para uma empresa em nome de Sandro Rosell, aliado de Teixeira e ex-presidente do Barcelona.

No mês passado, Rosell foi preso e a Justiça espanhola apontou que parte do dinheiro que ia para sua empresa, a Uptrend, terminava com o próprio Teixeira. “Durante 2010, Teixeira e sua mulher eram detentores de dois cartões Visa Platinum, com contas da Uptrend em Andbank”, apontou.

“Resulta da investigação que, de sua posição de presidente a CBF, (Teixeira) influenciou na concessão de direitos audiovisuais aos jogos da seleção, e, enquanto isso, por trás e para o prejuízo da CBF, Rosell negociava um contrato de intermediação”, apontou o documento do processo do caso do ex-dirigente catalão.

Os investigadores concluem, portanto, que “parte dos fundos não foi para a CBF, senão que, de uma forma fraudulenta, foram ao próprio Teixeira”. De acordo com a Audiência Nacional, os fatos apurados levam a crer que o brasileiro acabaria sendo o “destinatário do dinheiro, e não a Confederação (CBF)”.

As autoridades espanholas ainda chegam à constatação de que o delito de Teixeira foi “a apropriação por parte do presidente da CBF dos fundos pagos para obter os direitos dos partidos jogados pela seleção brasileira”.

Desde a prisão de Rosell, a defesa de Ricardo Teixeira tem negado qualquer tipo de irregularidade.
Image and video hosting by TinyPic
Esporte

América e Globo apresentam as melhores campanhas da Série D

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Redação

A Série D do Campeonato Brasileiro chega à fase de oitavas de final no próximo sábado, 22, e os dois potiguares remanescentes na competição têm motivos para acreditar na classificação para a próxima etapa. Isso porque as duas equipes têm desempenhos invejáveis dentro da competição. América e Globo, que passaram às quartas após eliminarem Aparecidense/GO e Parnahyba/PI, respectivamente, têm as duas melhores campanhas da Série D.

Já foram oito jogos disputados e o Alvirrubro encabeça a lista, com 19 pontos ganhos e um aproveitamento de 79,17%. A Águia de Ceará-Mirim vem logo atrás, com 75% de aproveitamento e 18 pontos conquistados. O Operário/PR possui o mesmo aproveitamento da equipe de Ceará Mirim, mas obteve saldo pior nos jogos até aqui (6 gols positivos contra 7 do Globo).

O técnico do Globo, Luizinho Lopes, comentou o desempenho da equipe na competição após a vitória contra o time piauiense no último domingo, 16. “A gente está começando a andar. Está se aproximando de ser um sonho real, mas vamos continuar com o ‘pezinho’ no chão. É isso que tem feito a diferença, essa mentalidade coletiva da nossa equipe”, pontuou o técnico.

Já Leandro Campos, comandante americano, comemorou o bom momento do clube alvirrubro, mas pediu atenção máxima aos jogadores. “Não sei se felizmente ou infelizmente, o América hoje é um time respeitadíssimo por todos. De 68 clubes, estamos entre os 16. Nós ainda não conseguimos o nosso objetivo. Precisamos ainda de muito trabalho, muita concentração. Mas o caminho é esse. Nós temos que estar preparados para a dificuldade que os jogos vão apresentar”, falou o treinador.

Completam o top 5 da classificação geral o Atlético/AC e São Bernardo/SP, com 17 pontos cada, porém com o time acreano ficando à frente pelo saldo de gols (13 contra 5). Vale lembrar que até o fim da competição o time mais bem colocado sempre jogará em casa a partida de volta.

ADVERSÁRIOS DEFINIDOS
As atenções de Globo e América se voltam para as próximas partidas dos clubes na competição. O América enfrentará o Ceilândia/DF neste sábado, 22, em Brasília, e na próxima sexta, 28, a partida de volta acontece em Natal. Já o Globo disputará vaga na quarta fase da competição contra o Guarany de Sobral nos próximos dois domingos de julho (23 no Ceará e dia 30 dentro de casa, no Estádio Barretão).
Image and video hosting by TinyPic
Esporte

Iniciada a venda de ingressos do duelo entre América e Ceilândia com valores promocionais

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
No próximo dia 28, às 21h, na Arena das Dunas, está marcado o jogo de “volta” da terceira fase do Campeonato Brasileiro entre América e Ceilândia-DF, e os ingressos já estão a venda com valores promocionais até o dia 26 quarta-feira. Após esta data, os bilhetes serão comercializados com os valores normais.
SERVIÇOS:
América x Ceilândia (3ª fase | jogo de volta – Campeonato Brasileiro)
Local: Arena das Dunas
Data: 28 de julho (sexta-feira)
Hora: 21h
# VALORES
– R$ 50/R$ 25 (Setor Leste)
– R$ 40/R$ 20 (Setor Sul)
– R$ 70/R$ 35 (Cadeiras Premium)
– R$ 50/R$ 25 (Noroeste – Ceilândia)
# LOCAIS DE VENDA:
– Sport Master – Natal Shopping (das 10h às 22h)
– Sport Master – Shopping Midway Mall (das 10h às 22h)
– Sport Master – Partage Norte Shopping (das 10h às 22h)
– Sede Social do América FC (das 9h às 18h, no sábado das 9h às 13h)
– Pittsburg – Prudente de Morais (das 9h às 22h)
– Gol Mania Store (das 9h às 18h)
– Vendas pela internet através do site www.arenadunas.com.br
# Crianças até 12 anos não pagam
# Portões M, N, O (Setor Leste)
# Portão L (Setor Sul)
# Portão A (Noroeste)
# Portão D (Premium)

Image and video hosting by TinyPic
featured RN

Tribunal Regional do Trabalho realizará concurso público com vagas em todo o RN

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Redação

Os desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) aprovaram, durante sessão do pleno, realizada nesta quinta-feira (20), a proposta de realização de concurso público para servidor. Com essa decisão, o TRT-RN iniciará os estudos para definir um cronograma de providências a serem tomadas. Ainda não há uma data para a realização do certame.

Vários Tribunais do Trabalho do país estão realizando concurso para servidores. O TRT-RN tem atualmente 650 servidores lotados na capital e no interior do estado e 24 cargos vagos. A previsão é de que, até o final de 2018, com a aposentadoria de muitos servidores, 121 desses cargos estejam vagos.
Image and video hosting by TinyPic
featured RN

Governo deve arrecadar R$ 11 bi com alta de imposto sobre gasolina e diesel

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
O aumento de PIS/Cofins sobre gasolina e diesel deve garantir cerca de R$ 11 bilhões ao caixa do governo em 2017, segundo apuração. O governo ainda está fazendo as contas para apresentar o relatório bimestral de receitas e despesas do Orçamento.

Segundo apurou a reportagem, não está descartada até o momento a possibilidade de um novo corte no Orçamento. É isso que o governo está tentando evitar no desenho que está feito para o envio do documento ao Congresso.

Para cumprir a meta fiscal de déficit de R$ 139 bilhões, o governo já bloqueou parte do Orçamento, o que provocou reclamações de vários órgãos e ministérios com a justificativa de que a restrição orçamentária está afetando os serviços públicos.Depois de liberar uma pequena parte desse valor, o corte em vigor passou a ser de R$ 39 bilhões. Há possibilidade de aumentar o bloqueio, o que dificultará ainda mais o funcionamento da máquina pública.
O discurso do governo, quando anunciar o aumento dos tributos, será de que vai trabalhar até o fim do ano para liberar o forte contingenciamento. Uma edição extraordinária do Diário Oficial da União (DOU) com a alta dos tributos deve ser publicada ainda hoje.

do agorarn
Image and video hosting by TinyPic
featured RN

Confira a atuação parlamentar de Mineiro em 2017

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
A crise econômica e política no país imposta pelo golpe protagonizado por Temer tem feito os meses parecerem anos e mostrado a pressa da quadrilha que comanda o Brasil em acabar com os direitos sociais e dos/as trabalhadores/as.

Os fatos nacionais, obviamente, são sentidos diretamente nos Estados e Municípios. No RN, o mandato de Mineiro tem se dedicado, em 2017, a, além de denunciar e combater as reformas do temeroso (da Previdência e Trabalhista), se debruçar nas questões orçamentárias para que servidores/as e a população usuária das políticas públicas não paguem o pato pela crise.

O deputado também tem lutado contra a entrega das nossas riquezas, a favor de mais recursos para a Educação e pela retomada das obras do Rio São Francisco nos trechos que garantem a chegada das águas ao RN.

Confira um resumo de algumas das principais ações do mandato nos seis primeiros meses de 2017.

Orçamento e Finanças do Estado
O fim do primeiro semestre do ano é marcado pela votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2018, que lança as bases para o orçamento do próximo ano. Mineiro apresentou emenda para que os gastos gerais e com o salário dos servidores em todos os Poderes fossem corrigidos pela inflação projetada para o ano (4,5%). Na proposta do Governo, esse investimento seria congelado ao valor deste ano, medida mais dura que a própria Lei do Teto dos Gastos do Governo Federal. A emenda, porém, foi rejeitada pela maioria dos parlamentares.

Outra ação de Mineiro garantiu mais vigilância da Assembleia na execução do Plano Plurianual (PPA). Em junho, o Governo tentou aprovar uma emenda que dava poder ao governador para remanejar a destinação do PPA e modificar os programas que receberiam os recursos através de decreto, sem autorização da Casa. Esse ponto foi derrubado em votação após alerta do petista.

Ele também denunciou a paralisação de 313 obras do Governo em infraestrutura, estradas, escolas, drenagem e abastecimento d’água. Essas estruturas poderiam atender e melhorar a vida de milhares de potiguares, de acordo com levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que investiga se há crime de responsabilidade por parte do Executivo.

Mineiro apresentou, ainda, outra emenda para assegurar a devolução ao Executivo dos recursos das “sobras” dos demais Poderes – o dinheiro repassado que não utilizado naquele determinado ano. A medida já havia determinada em maio pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Na ocasião, Mineiro comentou a decisão e ressaltou sua importância para o equilíbrio das contas do Estado, inclusive para honrar o pagamento de servidores/as e fornecedores/as. O Governo, porém, fez valer sua maioria na Assembleia Legislativa, derrotando a proposta de Mineiro.

No total, Mineiro apresentou oito emendas ao projeto da LDO para 2018. Dessas, cinco foram aprovadas, beneficiando as áreas da transparência com o uso dos recursos públicos, a prestação de contas à população e o apoio ao desenvolvimento da ciência e tecnologia.

Servidores públicos
Durante votação na Assembleia, Mineiro foi contra o reajuste de salários apenas para servidores/as comissionado/as. De forma coerente, alertou que os/as demais trabalhadores/as estão com vencimentos atrasados e os planos de cargos não cumpridos, devido às restrições da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Defensor da Universidade do Estado do RN (Uern), Mineiro se reuniu, em maio, com professores/as e servidores/as administrativos/as para tratar dos planos de cargos e carreiras das categorias. Ele destacou a necessidade de leis específicas, que não existem atualmente, e reforçou a luta do mandato pela autonomia administrativa e financeira da instituição.

Outra defesa de Mineiro pelos/as trabalhadores/as se deu no apoio à luta para manter a vara do Trabalho de Pau dos Ferros, que atende a 36 municípios e é um órgão que existe desde 1993, prestando papel fundamental no acesso à justiça.

O parlamentar se posicionou contra o aumento da contribuição previdenciária dos servidores e o congelamento dos gastos que estavam previstos no pacote de medidas econômicas e fiscais enviado pelo Executivo à Assembleia em fevereiro. Depois, o Governo recuou e tirou de pauta a matéria.

Reformas do governo golpista
Mineiro dedicou boa parte da sua agenda parlamentar neste semestre a participar de eventos e percorrer cidades potiguares para conversar com sindicalistas, representantes de movimentos sociais e a população em geral sobre os efeitos das reformas da Previdência e Trabalhista na vida das pessoas e na economia dos municípios.

O deputado alertou que mulheres, professores/as e trabalhadores/as rurais são os mais afetados, principalmente com as mudanças no INSS.

O petista viajou por diversas cidades potiguares, como Jaçanã, Angicos, Santa Cruz, João Câmara, Janduís, Campo Grande, Messias Targino, Doutor Severiano, São Francisco do Oeste, Pau dos Ferros, Severiano Melo, Caicó, Mossoró e Caraúbas, denunciando os desmontes. Também esteve na Câmara Municipal de Natal e concedeu entrevistas à imprensa potiguar alertando sobre as perdas para a classe trabalhadora.

O mandato lançou a cartilha “A Reforma da Previdência é um golpe na economia dos municípios”, um estudo técnico com base em dados de 2016 revelando que os valores pagos em benefícios previdenciários urbanos e rurais superaram as transferências do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) no estado. Ou seja, é o que alimenta o comércio e serviços nas pequenas cidades.

Em março, Mineiro participou de evento no IFRN com o senador Paulo Paim (PT-RS) para debater os efeitos das reformas, evento promovido pela senadora Fátima Bezerra (PT-RN) em parceria com entidades e centrais sindicais. “É importante levar informações aos trabalhadores e trabalhadoras e também se alimentar do que eles têm a nos dizer”, destacou o deputado.

Diretas Já e manifestações no estado
Milhares de potiguares foram às ruas nestes primeiros seis meses de 2017 para protestar contra as reformas da Previdência e Trabalhista e contra a Terceirização, para pedir a saída do presidente ilegítimo Michel Temer e por Diretas Já.

O mandato apoiou e participou de todos os atos e Greves Gerais em Natal, e Mineiro tem destacado que a única saída para a crise institucional instalada no Brasil é a antecipação das eleições diretas.

Os dias 15 e 31 de março, 28 de abril (a maior Greve Geral da história, com mais de 70 mil participantes), 18 de maio e 30 de junho foram de muita luta para trabalhadores/as, estudantes e mulheres.

Crise hídrica, seca e Rio São Francisco
Autor da lei que cria a Política Estadual de Combate à Desertificação, Mineiro tem se dedicado a pensar soluções para a convivência com a seca no estado e cobrado do Estado a responsabilidade com a efetiva instalação de um sistema de gestão integrada da água.

Neste primeiro semestre, Mineiro tem lutado efetivamente pela retomada das obras do Rio São Francisco no Eixo Norte, que será responsável pela chegada das águas ao RN. O deputado tem coordenado reuniões e atividades com parlamentares do Nordeste, movimentos sociais e representantes da Igreja Católica e da sociedade civil pela conclusão da construção.

Em junho, participou da Caravana das Águas, uma iniciativa da senadora Fátima Bezerra em parceria com as Assembleias Legislativas da PB e do RN. O grupo fez visitas técnicas a Terra Nova (PE), Jati (CE) e São José de Piranhas e Cajazeiras (PB), além de ter realizado audiências públicas em Pau dos Ferros e Caicó (RN).

Graças à pressão popular e ao movimento dos parlamentares, o STF garantiu a continuidade da obra, que havia sido paralisada por problemas na licitação. Agora, a luta de Mineiro é para que o Governo do RN providencie todas as obras complementares para garantir a chegada das águas no estado.

Em março, Mineiro participou do ato em Monteiro (PB) onde Lula e Dilma inauguraram a obra da transposição. “Sem dúvida, presenciei um dos momentos mais significativos da minha vida”, disse.

Privatização Caern
Desde 2016, estava em curso o processo de entrega da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) à iniciativa privada, como plano do governo golpista de Temer, por meio do BNDES. Mineiro tem acompanhado de perto a questão e defendido uma empresa pública e de qualidade.

Neste semestre, Mineiro fez pronunciamentos denunciando a privatização em curso, participou de protestos dos/as servidores/as da Caern e cobrou do Governo do Estado a retirada da empresa da lista de estudos de viabilidade realizados pelo BNDES.

Graças à pressão popular e ao movimento de sindicatos, trabalhadores e pesquisadores, a companhia foi retirada do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), a pedido do governador Robinson Faria.

Educação, ciência e tecnologia
Em defesa dos/as professores/as, Mineiro solicitou, no início do ano parlamentar, que a Casa dispensasse a tramitação do projeto que reajustava o salário da categoria. O aumento foi concedido ainda em fevereiro, alcançando também especialistas em Educação.

O deputado saiu em defesa dos/as professores também na discussão sobre a Reforma da Previdência, alertando que os/as educadores seriam uns dos mais prejudicados com a mudança do governo golpista.

Presidente da Comissão de Educação, Ciências e Tecnologia e Desenvolvimento Econômico e Social da Assembleia Legislativa, Mineiro coordenou reunião, em junho, com representantes de universidades do estado para reivindicar mais investimento em ciência, tecnologia e pesquisa.

Também em junho, Mineiro defendeu, em audiência pública na Casa, a autonomia financeira da Uern, afirmando que a discussão deve ter como parâmetro, além da questão orçamentária, o projeto da universidade para o Estado.

Crise penitenciária e segurança pública
alcacuz
O ano de 2017 foi marcado, logo no início, pela tragédia na Penitenciária de Alcaçuz, onde um motim de grandes proporções deixou dezenas de presos mortos e decapitados.

Mineiro já havia alertado há anos para a bomba-relógio em que se tornou o maior presídio do estado e ressaltou, na ocasião da tragédia, que a questão penitenciária deve ser tratada à luz da segurança pública, de forma articulada com os níveis de governo, envolvendo Executivo, Judiciário e Ministério Público.

O deputado tem defendido uma estrutura de organização própria pra tratar da questão penitenciária e da valorização e capacitação dos agentes penitenciários. Este ano, defendeu que a Assembleia Legislativa acompanhe de perto a execução orçamentária dos recursos do Fundo Penitenciário do RN.

Em 2017, segundo ele, o orçamento previsto para o sistema penitenciário foi de R$ 106 milhões, mas apenas 33% de recursos próprios do Governo do Estado (o restante dependendo de possíveis convênios com o Governo Federal). Foram R$ 25 milhões para alimentação dos apenados e apenas R$ 11 milhões para investir na manutenção e melhoria de todo o sistema.

Em pronunciamentos, o petista também sugeriu ao Governo do Estado a criação de um gabinete de crise para fazer o enfrentamento à questão da insegurança, mostrando preocupação com o crescimento dos dados relativos à violência na capital e no interior potiguar.

Natal
Mineiro denunciou o estelionato eleitoral de Carlos Eduardo Alves (PDT), reeleito ano passado, que propagou uma cidade dos sonhos, totalmente maquiada, e hoje demonstra descaso com as ruas, a população e os servidores públicos municipais. Nos 100 dias de nova gestão do prefeito, Mineiro ressaltou que os problemas da cidade e os erros se acumularam, sem que a sociedade conhecesse iniciativas razoáveis para resolver uns e corrigir outros.

”Os serviços públicos continuam ruins, como sabem os que precisam de ônibus, escolas, creches e unidades municipais de saúde. Funcionários e fornecedores continuam sem receber em dia. A Prefeitura continua sem capacidade de investimento próprio, portanto sem obras e programas sociais indispensáveis à qualidade de vida dos moradores”, avaliou Mineiro. “A tudo isso o prefeito responde culpando a crise conjuntural, o que equivale a dizer que ele só é responsável pela cidade em tempos de bonança”.

Em abril, Carlos Eduardo autorizou novo aumento de passagem de ônibus (de R$ 2,90 para R$ 3,35) sem melhorarias de infraestrutura, segurança e atendimento à população. Mineiro, que tem acompanhado de perto desde os seus mandatos como vereador a questão da mobilidade urbana na capital, reiterou que falta transparência nos critérios e definição dos novos valores.

Em maio, o deputado defendeu a construção da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) Jaguaribe, em audiência realizada pelo Ministério Público Estadual, argumentando que a obra é fundamental para a qualidade de vida da população e desenvolvimento da zona norte de Natal, para a despoluição do Rio Potengi e mangues na região. Mineiro acompanha a luta pelo saneamento da região desde quando era vereador.

Também neste semestre, o petista saiu em defesa do Teatro Municipal Sandoval Wanderley, cuja área vem sendo negociada pelo prefeito para a construção de um empreendimento comercial. O projeto é polêmico e sem transparência, e o Sandoval faz parte da memória cultural e histórica de Natal.

Eleições no PT
Neste semestre, o Partido dos Trabalhadores viveu mais um importante momento de fortalecimento das suas bases e da democracia que lhe é característica, com a realização do Processo de Eleições Diretas (PED) e a eleição da primeira presidenta mulher nacional da legenda: a senadora Gleisi Hoffmann. Em Natal, Raoni Fernandes foi eleito presidente do PT Municipal, e Júnior Souto é o novo presidente do PT Estadual.

Mineiro participou do 6º Congresso Nacional do PT – Marisa Letícia Lula da Silva em junho, em Brasília, e avaliou a importância do partido sair mais fortalecido, unificado e com uma direção que consiga responder às demandas e desafios do próximo período da luta, como as Diretas Já e a eleição de Lula em 2018.

Audiências públicas
Os impactos da Reforma da Previdência (PEC 287/2016) na vida dos trabalhadores e das trabalhadoras | 20/02

A luta em defesa da Previdência uniu as maiores centrais sindicais do RN, órgãos de classe e movimentos sociais urbanos e rurais em torno do debate, antecedido por manifestação na Praça Sete de Setembro, reunindo cerca de duas mil pessoas. O objetivo principal da audiência foi expor a posição das entidades de trabalhadores/as sobre a reforma apresentada pelo governo ilegítimo de Temer, além de ouvir a posição da bancada federal sobre essa questão. Apenas compareceram a senadora Fátima Bezerra e a deputada Zenaide Maia (PR).

Pacote econômico e fiscal do Governo do Estado | 21/03

Representantes de diversas categorias do funcionalismo público criticaram as principais medidas do Pacote Econômico e Fiscal do Governo do RN, que previa, entre outros pontos, o aumento da contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14% e a criação do chamado “teto dos gastos” para limitar o orçamento público pelos próximos 20 anos. Posteriormente, o Executivo recuou, e a matéria foi retirada de pauta na Assembleia.

Conferência Estadual de Saúde das Mulheres | 27/03

Mineiro, mais uma vez, levantou importante debate sobre as ações voltadas ao atendimento às mulheres. A audiência pública teve como foco a preparação e formação da Conferência Estadual de Saúde das Mulheres, que ocorreu em junho. O debate destacou a importância da consolidação de uma Política Estadual de Saúde da Mulher no RN e as políticas públicas voltadas às mulheres de forma integrada com o objetivo de garantir também emprego e renda, mobilidade e educação.

Rede MangueMar: conflitos socioambientais na costa potiguar | 05/05

A discussão contou com a participação de ambientalistas, pescadores de várias colônias do RN, além de representantes do Idema, Ibama e Caern. Mineiro destacou a importância de discutir com a sociedade civil os problemas que envolvem a ocupação da área litorânea do estado e observou que, na maioria das vezes, a situação da população que depende da atividade da pesca, por exemplo, não tem repercussão social. Ele alertou que é preciso avançar em ações necessárias para ordenar a ocupação e o uso dessas áreas, conciliando a atividade econômica e a sustentabilidade ambiental.

Festejos, Quadrilhas Juninas e a Cultura no RN | 11/05

A importância dos arraiás e das quadrilhas juninas para a cultura popular do RN foi debatida na audiência pública, com o objetivo de discutir não somente o financiamento, mas também a construção de uma política pública para o setor. Para Mineiro, é preciso apontar um caminho, que é longo, para desenvolver esse trabalho, já que os arraiás e quadrilhas são umas das maiores expressões da cultura nordestina e potiguar. Ele destacou, ainda, o engajamento da juventude, principalmente nos bairros periféricos, nessas atividades.

Lançamento do Relatório da Missão a Unidades de Privação de Liberdade do RN

A audiência pública aprovou encaminhamentos que podem ajudar a implementar as recomendações do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT) para melhorar o sistema penitenciário do estado. Um deles é discutir com a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) a melhor destinação dos recursos federais já repassados pela União ao Fundo Penitenciário Estadual.

Assistência e Saúde das pessoas que vivem com HIV/Aids

O RN, segundo dados do Ministério da Saúde, é o terceiro estado com maior incidência de Aids no Brasil, com uma média de 5,5 casos da doença para cada 100 mil habitantes. Apesar desse quadro preocupante, a estrutura pública para o tratamento das pessoas que vivem com o vírus é a mesma do início da década de 1980. Na audiência, Mineiro denunciou a situação de abandono das pessoas que precisam de tratamento no estado e afirmou que é preciso discutir e dar visibilidade a essa pauta, somando esforços no sentido de mudar esse quadro.

Pelo povo de Acauã, pela vida dos quilombolas do Brasil | 09/06

Audiência teve o objetivo de barrar a ação que questiona a constitucionalidade da política nacional de titulação das terras quilombolas. Para Mineiro, os efeitos desse caso, cujo julgamento está suspenso no Tribunal Regional da 5ª Região (TRF-5), podem ser desastrosos, porque o que está em jogo não é só o direito das famílias ao seu território, mas o próprio direito à vida, à memória e à preservação da cultura da população negra do Brasil.

Orçamento público e Política Estadual de Ciência e Tecnologia | 22/06

O RN precisa mudar sua política de investimentos em ciência e tecnologia, sob pena de continuar para trás em matéria de desenvolvimento. Essa foi a principal constatação na audiência pública. Mineiro destacou a importância de discutir não só a previsão orçamentária para a área na LDO 2018, mas também tratar sobre a execução de 2017. Como encaminhamentos, ficaram analisar o que ainda pode ser feito em termos de desembolso mínimo neste ano para a Fapern, propor emendas para ciência e tecnologia na LDO de 2018 e revisar a legislação de ciência e tecnologia do RN.
Image and video hosting by TinyPic
RN

Ela com 82 anos e ele próximo a um século de vida oficializam a união em cansamento comunitário em Nova Cruz, RN

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
NAPS contribui para a oficialização de mais 176 casamentos gratuitos em Nova Cruz
Eles são agricultores, comerciantes, estudantes, dentre outras atividades que desenvolvem nos municípios vizinhos de Montanhas, Lagoa Danta, Passa e Fica e Nova Cruz, todos na Região Agreste do Rio Grande do Norte. No entanto, parecem ter um outro ponto em comum, além da proximidade das cidades e da semelhança das profissões: a maioria já possui muitos anos de vida conjugal e decidiram, na noite da última segunda-feira, 17, realizar um sonho: oficializar, perante a lei, o que já consideravam, há décadas, um casamento. 

A oportunidade veio em mais uma edição do Casamento Comunitário e gratuito, coordenado pelo Núcleo de Ações e Projetos socioambientais do TJRN (NAPS), em parceria com os Ofícios de Notas, que reuniu 176 casais, que assinaram, coletivamente, suas certidões perante os cartórios representados. É esta a situação do casal mais “experiente” da solenidade comunitária, os agricultores Pedro Alves Pessoa e Josefa Maria da Conceição. Ela com 82 anos de idade e ele a apenas um mês de completar um século de vida. Deste total, 65 anos foram de vida em comum.

“Eles disseram que estavam realizando, hoje (17), um sonho. Que não foi feito até agora por questões financeiras mesmo”, disse a filha do casal, já que os pais dela estavam emocionados com a espera da assinatura dos papeis de casamento. Mas, com simplicidade, seu Pedro acenou que estava feliz. “Nós também não sabíamos que eles não eram casados no civil e foi uma coincidência feliz ter essa nossa noite junto com eles”, disse o neto do casal, o estoquista Ivan Carlos, de 22 anos, que estava aproveitando a noite do casamento comunitário para se casar com a esteticista Eliane Cosmo. 

A irmã dele, a estudante Gisele Rodrigues, 23, também ampliou a representatividade da família no “sim” coletivo organizado pelo TJRN. “Temos eles (nossos avós) como exemplo”, disse a noiva, ao destacar também o favorecimento da gratuidade. 

Eles participaram da solenidade coletiva, que ocorreu no ginásio de esportes do município de Nova Cruz e foi presidida pelo juiz titular da Vara Cível da comarca, o magistrado Ricardo Henrique de Farias e coordenada pelo coordenador de casamentos do NAPS, Rossini Pimentel. “É a terceira vez que a cidade recebe as ações sociais do Judiciário potiguar”, ressaltou, pouco antes da abertura oficial, que contou com a presença de autoridades políticas da Região e do prefeito da cidade Targino Pereira. “Estamos felizes com essa parceria. 

Hoje, é uma noite de festa”, pontuou o chefe do Executivo municipal. Além do casal de idosos e dos netos, a cerimônia também reuniu aqueles que, por questões religiosas, buscaram participar do evento, como os noivos Valdemir Fernandes e Francisca Fernandes, primos e que estão juntos há 28 anos e com um filho de 24 anos. “Acho que, com a assinatura do papel estamos mais amparados por Deus”, disse a dona de casa. Com esta edição de Nova Cruz, já são mais de mil casamentos realizados pelo NAPS em 2017.

As informações são do TJRN
Image and video hosting by TinyPic
featured

LULA: MORO FOI ATÉ BONZINHO E ME DEIXOU COM A PERUA DE 1982

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Em entrevista no programa de José Trajano no Youtube, com a participação também dos jornalistas Juca Kfouri e Antero Grecco, o ex-presidente Lula comentou nesta quinta-feira 20 a decisão do juiz Sergio Moro que confiscou R$ 606 mil de suas contas bancárias, todos os imóveis e dois veículos; "O Moro foi condescendente comigo porque ele me deixou a perua de 1982. Inclusive ela até foi roubada. Espero que eles achem ela", ironizou; na conversa, Lula disse também que quando chegou à presidência "tinha uma obsessão que era provar que poderia governar melhor que a elite que vinha sendo governo"; assista ao vivo.
247 - Em entrevista concedida ao programa Na Sala do Zé, do jornalista José Trajano, com a participação ainda de Juca Kfouri e Antero Grecco, o ex-presidente Lula comentou nesta quinta-feira 20 a decisão do juiz Sergio Moro que confiscou R$ 606 mil de suas contas bancárias, todos os imóveis e dois veículos.

"O Moro foi condescendente comigo porque ele me deixou a perua de 1982. Inclusive ela até foi roubada. Espero que eles achem ela", ironizou.

Na conversa, Lula disse também que quando chegou à presidência "tinha uma obsessão que era provar que poderia governar melhor que a elite que vinha sendo governo". "As pessoas não respeitam você pelo seu tamanho e sim pelo seu caráter. Ou tem ou não tem", afirmou.

Lula falou ainda sobre a política externa de seu governo: "Quando voltei de Davos pela primeira vez falei para o Celso Amorim [então ministro das Relações Exteriores]: nós vamos mudar a geopolítica desse negócio". "Lembro da minha primeira reunião no G8, todo mundo levantou quando o Bush chegou. Eu não. Pois ele foi lá e sentou na nossa mesa", acrescentou.

O petista disse estar "pensando em criar um grupo de trabalho para analisar os efeitos nefastos da reforma trabalhista no país". Questionado por que não fez uma reforma política em seu governo, o ex-presidente respondeu que os parlamentares não querem mudar o status quo e lembrou que "quem tem que fazer a reforma política não é o presidente, são os partidos, através de seus deputados".

Perguntado se "o PT errou", uma vez que Lula é hoje o candidato com maior rejeição, depois de ter deixado a presidência com mais de 80% de avaliação positiva, o ex-presidente afirmou que "o PT errou porque tinha nascido para mudar o jeito de fazer política", mas "não fez nada diferente do que já vinha sendo feito desde sempre na política". "Nosso erro não chega a 10% do que eles falam", disse.

"Acontece que eles querem acabar com o PT", acrescentou. "Truncaram a democracia e querem truncar a possibilidade de o PT voltar", denunciou. Ele destacou também que "ninguém nesse país, nem Prestes, sofreu o massacre que" ele sofre.

Ao falar sobre o governo Dilma, Lula criticou o programa de desonerações. "Faltou compreensão de que, independentemente das eleições, você deveria parar de desonerar", disse. Segundo o ex-presidente, Dilma "não percebeu que a água só estava saindo da caixa d´água, não estava entrando".

"Quando Dilma apresentou um orçamento negativo, eu me assustei. Porque eu jamais apresentaria um orçamento negativo", afirmou. Para Lula, "Dilma foi vítima do comportamento de que a política não estava no cotidiano dela". "Ela tinha dificuldade nessa relação político. Eu acho que às vezes ela achava que uma conversa era desnecessária", analisou.

Sobre um "sentimento de desesperança" na população, acentuado pelos jornalistas, Lula admitiu que o PT perdeu "parte de sua base". "Eu estou tomando tiro de escopeta todo dia", lembrou, em parte justificando sua rejeição.

Os jornalistas questionaram se não foi um erro insistir na reeleição de Dilma em 2014. Lula disse que, como não houve conversa com ela a esse respeito, ele entendeu que ela gostaria de sair candidata. "Era um direito legítimo dela, eu falei 'não vou mexer com isso'". Mas reconheceu: "Eu ganharia as eleições com muita facilidade em 2014".

Segundo Lula, sua disputa pela presidência contra o tucano José Serra em 2002 "foi civilizada". "Já com o Alckmin não foi. Parece que ele mamou até os 14 anos, empinou pipa na frente do ventilador. Fica bravo", relatou, sobre o governador paulista.

Questionado se não faltou diálogo entre ele e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para evitar o atual clima de tensão entre petistas e anti-petistas hoje no País, Lula lembrou de sua relação sempre civilizada com o tucano. Mas fez a seguinte análise: "Eu acho que o Fernando Henrique Cardoso, como um intelectual, não soube digerir o meu sucesso".

Ele revelou que houve uma tentativa de se marcar um encontro com o cacique tucano. "Nós não temos nada um contra o outro", destacou. Mas reclamo que, após terem escolhido uma casa para a conversa, "foi um intermediário lá e no dia seguinte estava na imprensa!".
Image and video hosting by TinyPic
featured

Criminosos tentam explodir caixa de banco na Grande Natal; dinamite foi insuficiente, diz PM

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Criminosos usaram dinamite para explodir um caixa eletrônico da agência do Banco do Nordeste na madrugada desta quinta-feira (20) na cidade de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Contudo, segundo a Polícia Militar, a carga não foi suficiente para arrombar o terminal.
A PM disse que recebeu o chamado por volta das 3h, quando moradores da região relataram ter ouvido o barulho da explosão e de tiros. No local, além do caixa danificado, os policiais encontraram as vidraças da agência estilhaçadas.
Terminal ficou danificado, mas o dinheiro não foi levado (Foto: Divulgação/PM)
Buscas foram feitas pela vizinhança, mas nenhum suspeito foi encontrado.
Image and video hosting by TinyPic
featured Polícia

Acusado de matar fisiculturista paulista em Natal, empresário vai a júri popular

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Alexandre Furtado Paes deve ser julgado ainda em 2017 (Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução)
O empresário Alexandre Furtado Paes, dono de uma academia de musculação na cidade de Osasco, em São Paulo, vai sentar no banco dos réus. Ele é acusado de matar, por estrangulamento, a própria mulher, a fisiculturista paulista Fabiana Caggiano, de 36 anos. O crime aconteceu em dezembro de 2012 dentro de um hotel, em Natal, onde a atleta e a família passavam férias.
Fabiana Caggiano era campeã de fisiculturismo (Foto: Reprodução/Facebook)
A decisão de mandar o réu a júri popular foi tomada pelo juiz Ricardo Procópio Bandeira de Melo, titular da 3ª Vara Criminal de Natal. Porém, a data do julgamento ainda não foi definida. Segundo a assessoria de comunicação do TJ, se a defesa do viúvo não recorrer, o julgamento deve acontecer ainda neste semestre.

Alexandre Paes passou mais de 2 anos sendo procurado pela polícia. Ele foi encontrado e preso no dia 30 de novembro de 2015 em Ibiúna, na Grande São Paulo. Depois, foi trazido à capital potiguar. Atualmente, está detido no Centro de Detenção Provisória de Parnamirim, na região metropolitana da capital potiguar.

O caso

Segundo a versão de Alexandre Paes, na manhã de 28 de dezembro de 2013, a mulher estava tomando banho quando ela teria sofrido uma queda repentina. O Samu foi acionado e já encontrou a paulista desacordada. No dia 2 de janeiro, no entanto, a fisiculturista morreu na UTI de um hospital particular da capital potiguar. Familiares disseram que ela, enquanto esteve internada, permaneceu o tempo todo em coma induzido.

Em razão da suposta queda, o corpo de Fabiana foi removido para necrópsia no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). Laudos preliminares revelaram que a vítima havia sofrido asfixia mecânica, com características de estrangulamento.
No dia 23 de janeiro, após a conclusão dos laudos realizados pelo Itep, o delegado Frank Albuquerque confirmou que a fisioculturista havia sido assassinada. “As suspeitas foram confirmadas. Exames toxicológicos deram negativos. No entanto, os laudos complementares realmente apontam que Fabiana foi vítima de asfixia mecânica (estrangulamento)”, afirmou.
Marcas de asfixia no pescoço de Fabiana Caggiano (Foto: Reprodução/Henrique Dovalle/Inter TV Cabugi)
G1 RN
Image and video hosting by TinyPic
featured

Chomsky sugere que Lula foi vítima de um novo tipo de golpe

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Durante uma conferência na Fundação Liber Seregni, no Uruguai, nesta segunda-feira 17, o filósofo norte-americano Noam Chomsky, um dos maiores intelectuais da atualidade, sugeriu que o ex-presidente Lula tenha sido vítima de um novo tipo de golpe, com apoio dos Estados Unidos.

Ressaltando a “liderança de Lula” na América Latina, Chomsky destacou que as políticas do ex-presidente petista “foram semelhantes às dos anos 60, que levaram a um golpe militar fortemente apoiado pelos Estados Unidos”.

“Mas agora [com Lula no governo] os EUA não tinham condições de dar um golpe militar”, completou. Pouco antes, ele havia dito que a “América Latina foi a primeira vítima do neoliberalismo e do Consenso de Washington”.

“E a América Latina foi a primeira região a dispensar e a emergir do Consenso de Washington e do neoliberalismo”, disse, segundo a cobertura feita pelo jornalista Rogério Tomaz Jr., pelo Twitter, da palestra do linguista.

Chomsky disse ainda que “a estrutura de classes da América Latina possui enorme concentração de renda e desigualdade”.

O intelectual norte-americano comentou a crise dos refugiados: “é uma crise cultural e moral da nossa sociedade”. E criticou a omissão da mídia ao não cobrar de Donald Trump posição a respeito da mudança de clima global. Ele mencionou também a possibilidade de, numa eventual corrida nuclear, um ataque preventivo da Rússia iniciar uma guerra que aniquile a humanidade.

*Do Brasil 247
Image and video hosting by TinyPic
featured

Para Der Spiegel, revista alemã, julgamento de Lula é político

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Um dos periódicos mais importantes da Europa, a revista alemã Der Spiegel, publicou, na última semana, uma análise assinada pelo cientista político e correspondente para América Latina, Jens Glüsing sobre a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, intitulada de: “Julgamento contra o ex-presidente do Brasil: Estado no lodaçal”.

O artigo já começa dizendo que, há um ano, Lula teria dito à Spiegel não ter medo de prisão, e enfatiza: “por enquanto, ele não tem mesmo motivo para isso”.

Até o juiz Sérgio Moro é citado. Glüsing afirma que, “por sensatez, ele se absteve de determinar a prisão”, pois se Lula tivesse sido preso, “a crise nacional se agravaria perigosamente”.

O texto ainda afirma que Moro “confirmou com sua sentença o que os críticos reprovam nele há muito tempo: o tratamento jurídico do maior escândalo de corrupção da história do Brasil segue critérios políticos, e não legais”.

Segundo o articulista, a acusação de Lula “ter recebido um apartamento” parece “uma ninharia em comparação com as acusações contra o atual presidente Michel Temer e seus aliados”. Glüsing é categórico: “Trata-se de centenas de milhões de dólares desviados para contas secretas na Suíça e dinheiro de extorsão em malas de rodinha.”

Em comparação com os movimentos pró- impeachment, supostamente contrários à corrupção, a Glüsing acha estranho que não haja milhões de pessoas indo às ruas contra Temer.

“O principal objetivo das manifestações de um ano atrás, conforme hoje se apresenta, não foi a luta contra a corrupção: aqueles manifestantes queriam derrubar Rousseff e ver Lula atrás das grades. O primeiro objetivo eles alcançaram, o segundo está mais próximo do que nunca. Mas o preço que o país paga por isso é alto.”

“Se o ex-Presidente for para a prisão, enquanto o odiado Temer e seus aliados conservadores fogem”, muitos brasileiros “perderiam a última fé no Estado de Direito – com consequências imprevisíveis para a estabilidade política”.

Fazendo um balanço da Era Lula e citando seu favoritismo para as eleições de 2018, conclui: “Comparado com o triste quadro do atual governo, seus oito anos brilham ainda mais.”

Ainda sobre as próximas gerações, diz Glüsing: “A mudança geracional nas próximas eleições terá um impacto mínimo. A maioria dos políticos jovens são filhos e filhas da antiga classe dominante – sua família lhes fala mais de perto do que princípios éticos. As forças de inércia são mais fortes que o impulso para a mudança”.

Isto também, segundo o artigo, se aplica ao Judiciário. Refere-se expressamente ao Supremo Tribunal Federal: “atua como uma barreira protetora para Temer e seus aliados no Congresso”.

O artigo ainda ressalta que os métodos usados pela força tarefa da Lava Jato estão sendo cada vez mais desacreditados. Ele relembra que poucos dias antes da sentença de Moro, o Ministério Público pediu o arquivamento de um processo contra Lula por falta de provas.

Com relação ao ex-presidente Lula, o texto ainda destaca que sua participação é importante para legitimar a próxima disputa eleitoral. “Se ele não puder competir nas próximas eleições, isso atrairá dúvida aos olhos de muitos brasileiros quanto à legitimidade da eleição. A profunda crise sistêmica, que já dura três anos, ofuscaria o mandato do próximo presidente – e possivelmente, jogaria a democracia no abismo”.

Ao fim do artigo, Glüsing ainda defende a saída política. “A solução para o dilema do Brasil deve vir da política. O Judiciário é a instância errada. Como fazer isso, não é claro. Mas uma coisa é certa: o veredicto final sobre Lula virá dos historiadores, não do juiz Moro”.

Da Redação da Agência PT
Image and video hosting by TinyPic
featured

Fachin arquiva processo contra Zeca e Vander

julho 20, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator dos processos da Operação Lava-Jato, Edson Fachin, arquivou o processo em que a publicitária Mônica Moura, esposa do marqueteiro João Santana, citava o ex-governador e hoje deputado Federal Zeca do PT (MS) por supostamente ter feito repasses de caixa dois para quitar despesas da campanha municipal de Campo Grande em 2004, quando o deputado federal Vander Loubet (PT-MS) concorreu à prefeitura pelo partido.

O pedido de arquivamento veio em junho pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, logo após o deferimento da delação pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no final de maio. Fachin acolheu o pedido da PGR e arquivou o processo no dia 14 de julho. A decisão ainda será publicada no Diário Oficial após o recesso forense no início de agosto.

Após o levantamento do sigilo da delação do casal de marqueteiros, Zeca afirmou que nunca autorizou que ninguém realizasse qualquer tipo de pagamento aos dois. Já Vander garantiu que todos os pagamentos foram realizados dentro da legalidade e contidos na prestação de contas.

“A expectativa era essa, que o processo fosse realmente arquivado. A procuradoria entendendo que não há absolutamente nenhuma prova a respeito da denúncia da Dona Mônica, esposa do João Santana, entendeu de que deveria propor o arquivamento. Sempre tive confiança nisso, porque tudo que praticamos, fizemos com lisura, com comportamento ético. Tenho convicção de que os outros processos, o da JBS e o da Odebrecht também caminham para o mesmo caminho pelo Ministério Público Federal (MPF). Por falta de provas o procurador deve pedir o arquivamento”, opinou Zeca do PT.

Foto: Fecebook/Zeca do PT
Image and video hosting by TinyPic

NOSSA PÁGINA

Formulário de contato