Mobilizados contra à PEC 241, estudantes da rede estadual ocupam escola Augusto Severo

outubro 13, 2016Senador Georgino Avelino Minha Cidade

A já famigerada PEC 241, que se for aprovada em definitivo congelará os investimentos em educação pública pelos próximos 20 anos, está mobilizando estudantes universitários, professores, movimentos sociais e também os(as) estudantes secundaristas de várias partes.
Na manhã desta terça-feira (11/10), um dia após à Câmara Federal aprovar o texto-base da PEC 241, estudantes de escolas da rede estadual de ensino do RN protestaram ocupando a escola Augusto Severo, que fica em Petrópolis, Zona Leste de Natal. Componentes do grêmio Edson Luís, do Instituto Padre Miguelinho, do grêmio do colégio Atheneu, do grêmio do Cenep e integrantes dos movimentos UJS e Levante Popular também estiveram no ato.
Os(as) estudantes também pediram melhorias nas condições do ensino público, inclusive exigindo a reforma e reabertura da escola Augusto Severo, que está interditada há mais de um mês devido à falta de infraestrutura e o perigo de acidentes.
Eles ainda rechaçaram a Medida Provisória (MP 746), que pretende reformar o ensino médio, que no entendimento dos estudantes e de vários especialistas em educação será uma reforma nociva a rede pública.

Ângelo Fernandes, que é aluno do 3° ano do ensino médio do Instituto Padre Miguelinho e vice-presidente do grêmio da escola, que fica no Alecrim, esteve na ocupação. Ele nos conta que a coordenação da escola em que estuda se empenhou para engajar os alunos e o movimento conseguiu reunir estudantes de várias escolas: “Conseguimos unir vários estudantes para lutar por essa causa. Queremos visibilidade, para que assim as escolas passem por melhorias”.
Segundo ele, a escolha da escola Augusto Severo para ocupar é simbólica, uma vez que está fechada a espera de uma solução, que só poderá vir a partir de uma reforma: “O governo não liga para a reforma da escola Augusto Severo. Todos nós devemos podemos começar a luta reivindicando coisas simples, como a reforma e reabertura da Augusto Severo. Assim, poderemos conseguir melhorias em outras escolas”.
Angêlo disse ainda que é contra à PEC 241 e a reforma do ensino médio. “Somos contra essas medidas. A nossa escola está de acordo e nos apoiou na ocupação. Também tivemos o apoio de nossos professores”, conta.
A manifestação foi encerrada no fim da manhã.

do Sinte RN

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

NOSSA PÁGINA

Formulário de contato