PIMENTA: “MORAES NO STF É A LAMA DO FUNDO DO POÇO”

fevereiro 07, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade

Resultado de imagem para PIMENTA: “MORAES NO STF É A LAMA DO FUNDO DO POÇO”
Em vídeo divulgado nesta terça-feira, 7, o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) voltou a criticar a indicação de Alexandre de Moraes para o Supremo Tribunal Federal (STF), feita por Michel Temer nessa segunda-feira, 6; "Alexandre de Moraes não reúne nenhuma condição, sob nenhum aspecto, para assumir num período de crise institucional como nós estamos vivendo", afirmou; "Quando boa parte do núcleo central do governo é investigada pela Lava Jato, o governo Temer indica para ser o revisor da Lava Jato. Para julgar aqueles ministros, e o próprio Temer, que hoje estão no centro do escândalo de corrupção", afirmou; Pimenta lembra que Alexandre de Moraes foi advogado do deputado cassado Eduardo Cunha, e militante filiado ao PSDB; "Portanto, é a lama do fundo do poço esta indicação"
247 - Em vídeo divulgado nesta terça-feira, 7, o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) voltou a criticar a indicação de Alexandre de Moraes para o Supremo Tribunal Federal (STF), feita por Michel Temer nessa segunda-feira, 6. Se aprovado pelo Senado, Moraes irá ocupar a vaga deixada com a morte do ministro Teori Zavascki, em circunstâncias ainda não totalmente esclarecidas. 

"A sociedade brasileira acompanha num misto de indignação e perplexidade a indicação de Alexandre de Moraes para o Supremo Tribunal Federal. Alexandre de Moraes não reúne nenhuma condição, sob nenhum aspecto, para assumir num período de crise institucional como nós estamos vivendo", afirmou. 

"Quando boa parte do núcleo central do governo é investigada pela Lava Jato, o governo Temer indica para ser o revisor da Lava Jato. Para julgar aqueles ministros, e o próprio Temer, que hoje estão no centro do escândalo de corrupção", afirmou. 

Paulo Pimenta lembra que Alexandre de Moraes foi advogado do deputado cassado Eduardo Cunha, e militante filiado ao PSDB. "Portanto, é a lama do fundo do poço esta indicação", afirmou. 

"O estado de exceção é isso. É perda dr critérios, de bom senso. É a sensação cristalina de impunidade, diante de uma imprensa acovardada, de um poder Judiciário e do Ministério Público que assiste tudo isso de maneira impassível, sem reação", afirmou o parlamentar do PT, acrescentando que irá denunciar internacionalmente a situação em que se encontra o País. 

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

Contatos:
(084) 99212 - 7306
marconeptgeorgino@hotmail.com
Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Informações 24/7