featured

Jorge Motta concedeu entrevista ao Blog, após assumir vaga no Legislativo do município de Senador Georgino Avelino

abril 28, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade

Nesta sexta-feira (28), o Vereador Jorge Motta, recentemente empossado ao Cargo no legislativo municipal de Senador Georgino Avelino/RN, concedeu entrevista ao Blog. Na oportunidade, relacionou diversos pontos interessantes na Cidadania Georginense. Confira entrevista completa:
Bom dia Vereador Jorge Motta! Como se sente nesse momento que assumiu o cargo parlamentar em nosso Município de Senador Georgino Avelino? 
J: Assumi temporariamente mas com grande alegria de poder trabalhar em prol de nossa população, acredito que nesse curto espaço de tempo poderei deixar marcas de um bom trabalho e mostrar aos meus eleitores que seu votos e sua confiança valeram a pena. 

O que o senhor achou da tentativa da câmara de não te dar a posse? 
J: Entendo que existe um grande temor por parte da situação em me deixar trabalhar, isso ficou claro desde a campanha quando nossos apoiadores relatavam que um dos principais objetivos do grupo azul era impedir a entrada de Jorge Motta na política municipal, relatavam frase assim "se não conseguir o voto pra nós pelo menos tire o voto de Jorge Motta, não podemos deixar esse cara entrar na política de Georgino". Sinceramente não entendo todo esse medo, sou uma pessoa simples e feita de "carne e osso" igual a todos daqui, tenho intensões claras de promover o desenvolvimento do nosso município e isso beneficia toda a população e não vejo motivo para essa perseguição.

Será que esse grupo não tem medo de você ser candidato a Prefeito na próxima eleição? 
J: Minha intensão nunca foi essa, acredito que em tudo que se faz na vida só colhemos o que plantamos, e em quatro anos como Vereador não creio que tenhamos apoio popular suficiente para chegar ao cargo de Prefeito. Além disso tenho outros planos para o futuro que me impedem de aceitar um desafio dessa importância.

Como você foi recebido na câmara municipal? houve insatisfação ou algo parecido? 
J: De maneira alguma, fui muito bem recebido, muito bem tratado por aliados e adversários, inclusive parabenizei a bancada da prefeita pela acolhida.

O que te levou a ser candidato em Georgino?
J: Marcone, minha família tem grande tradição na política do Rio Grande do Norte, meu avô foi Vereador em Natal quando este cargo nem remunerado era, meus tios foram políticos, Tio Clóvis foi o mais importante deles sendo Deputado Estadual, Deputado Federal e Vice-Governador e isso sempre me atraiu, no entanto eu sempre fui e sou contra o cidadão virar político profissional e viver exclusivamente de mandatos, acho isso perigoso pois pode comprometer sua ética. Fui convidado por meu primo o Deputado Ricardo Motta a concorrer e ele me sugeriu que disputasse a vaga deixada pelo seu filho Rafael Motta na câmara municipal de Natal onde obteve votação para eleger três vereadores e dispunha de muitos apoiadores. Minha resposta foi a seguinte "agradeço a confiança mas só entrarei na política se for em um lugar que amo profundamente e onde meu trabalho se torne uma coisa prazerosa, tenho um caso de amor pelo município de Senador Georgino Avelino e só entro se for lá", e assim começou. 

Mas você já frequentava nosso município á muito tempo? 
J: Sim, inclusive desde que voltei do Recife onde morei 5 anos, no ano de 1997, comemorei meu aniversário no Bar da Ostra, e a partir daí frequento o município constantemente, vinha sempre ao Siri Cascudo, um bar que funcionava no mangue, vinha pescar na laguna de Guaraíras e fazer trilhas pelas dunas de Malembá, mas a aproximadamente dois anos montei acampamento de verdade.

Quais os seus planos para desenvolver o município? 
J: Qualquer lugar só se desenvolve através da educação, isso é incontestável. Pretendo criar um "ciclo virtuoso" com base na educação. 

Mas como assim? Pode dar um exemplo? 
J: Vou te dar um exemplo das ações relacionadas ao cultivo de camarões: pretendemos capacitar funcionários das fazendas de camarão e cidadãos Georginenses (Georgino e Carnaúba) através de cursos rápidos que os deixa aptos a trabalhar nos viveiros e até na indústria de beneficiamento. Através da UFRN traremos aos donos das fazendas as novas tecnologias de cultivo, onde se consegue multiplicar a produção dos viveiros em até 10 vezes. Mais produção, mais dinheiro para o criador, rapidamente se multiplicam as vagas de emprego e os alunos treinados inicialmente agora estão empregados, este é o primeiro ciclo de empregos. Circulando mais dinheiro os viveiros precisam de reformas para se adequar ao novo modelo de produção e assim se estimula a construção civil empregando outra leva de pessoas do município e vem o segundo ciclo de empregos. Todos esses empregos gerados alimentam a economia local, porque o cidadão empregado compra mais no comércio, passa a construir ou reformar sua casa, e aí vem a terceira onda de empregos. Isso foi só um dos exemplos, imagine quando conseguirmos ativar a produção de frutas e verduras, o turismo e o artesanato. 

Existem outras formas de fortalecer a renda dos moradores? 
J: Existem sim, outra grande fonte de fortalecimento municipal é a geração de empregos na área de serviços. Pretendo propor uma Lei que atraia as empresas de serviço ao município, mesmo que elas prestem seus serviços na Capital. Isso foi feito no passado aqui na região, lembro bem do caso de Monte Alegre, quando uma empresa de vigilância se instalou lá e empregou uma grande quantidade de pessoas, os vigilantes trabalhavam um dia em Natal e folgavam outro, assim não saiam do município e incrementaram a economia local, a cidade cresceu e virou um modelo de desenvolvimento regional. 

Quais suas ações na primeira sessão legislativa? 
J: Na primeira oportunidade já deixei claro que estou Vereador para lutar pelo povo e que votarei sempre pela minha consciência independente de grupo político, ou seja, não serei contra nada que seja bom para a população. Votamos alguns projetos de autoria da bancada da prefeita, aprovamos por entender que são muito positivos para a população. Apoiamos a moção de repúdio proposta pelo Vereador Elias relativa a um triste episódio ocorrido num campeonato de futebol. Parabenizamos os Policiais pelo seu dia comemorado em 21 de abril passado. Nos colocamos a disposição do Vereador Marcos Sena para apoiar seu projeto de combate as drogas nas escolas e para tal traremos a Georgino pessoas do PROERD da Polícia Militar para uma troca de experiências. Diante do problema no transporte de estudantes colocamos a disposição do município o Deputado Rafael Motta para tentar junto ao MEC a liberação de um ônibus novo. Aproveitamos para tornar público nosso esforço em trazer cursos de capacitação profissional para o município. 

E você conseguiu algum curso? 
J: Sim, já temos 10 cursos com início em maio próximo, e estamos assegurando ainda um evento chamado "Bem Viver" que promove a prevenção do câncer de útero nas mulheres e de próstata nos homens. Aproveitei para pedir apoio da prefeitura ao líder Marcos Sena e à presidente da câmara, lembrando que são ações em prol da população e a Prefeitura deve fazer a sua parte independente de grupo político. 

Tem alguma ação visando ocupar ou capacitar os jovens? 
J: Temos sim, isso é uma preocupação frequente, e com apoio da Vereadora Professora Maria iniciaremos no mês de maio um cursinho preparatório para os alunos que concluíram o ensino médio, para que possam ingressar na universidade ou em cursos técnicos. As aulas ocorrerão em georgino e em carnaúba, nos sábados pela manhã e serão inteiramente gratuitas. Logo que tenhamos definidos os locais iniciaremos uma campanha de divulgação. 

Algum comentário final?
J: Gostaria de parabenizar nossa bancada pela atuação, Maria, Valdemar, Valdir e Elias tem feito um grande trabalho, cada um com sua experiência tem honrado os votos recebidos e mostrado muita seriedade e competência. Jorge Motta, agradecemos sua entrevista e torcemos que sua participação seja realmente positiva para a população de Georgino e Carnaúba.

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

NOSSA PÁGINA

Formulário de contato