OCUPAÇÕES NO PARANÁ CHEGAM A 200 ESCOLAS

outubro 12, 2016Senador Georgino Avelino Minha Cidade

Estudantes contrários à reforma do ensino médio do governo Temer e contra a PEC 241, que congela os gastos na educação, já ocupam 200 escolas no Paraná e três campus da Universidade Estadual do Oeste do Estado; secretaria de Educação do Paraná (Seed) tenta reverter as ocupações no judiciário através de pedidos de reintegração de posse; no entanto, primeira decisão foi favorável aos estudantes; o governador Beto Richa (PSDB) disse que o PT e a CUT estavam usando os estudantes, no que foi duramente rechaçado

Paraná 247 – Os estudantes contrários a Medida Provisória que pretende reformar o ensino Médio no País já ocupam 200 escolas no Paraná e três campus da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), em Toledo, Marechal Cândido Rondon e Cascavel. As manifestações causaram a suspensão das aulas por tempo indeterminado.
A secretaria de Educação do Paraná (Seed) tenta reverter as ocupações no judiciário através de pedidos de reintegração de posse. No entanto, na primeira decisão houve negativa da justiça, em Londrina, referente ao Colégio Estadual Albino Feijó Sanches.
Na semana passada o governador Beto Richa (PSDB) declarou que as os jovens manifestantes não sabem por qual motivo estão protestando. Ele disse que o PT e a CUT-PR estão usando os estudantes, no que foi duramente rebatido por todos os envolvidos.

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

Contatos:
(084) 99212 - 7306
marconeptgeorgino@hotmail.com
Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Informações 24/7