DENÚNCIAS CONTRA LULA NÃO FAZEM SOMBRA À DE SERRA

novembro 14, 2016Senador Georgino Avelino Minha Cidade

Às vésperas da abertura da caixa de Pandora da Odebrecht, o que se tem contra o ex-presidente Lula tem sido motivo de piada: primeiro, ele foi acusado de receber de presente o estádio do Corinthians; agora, o mimo teria sido a reforma de uma piscina de um patrimônio público, o Palácio do Alvorada; se é só isso, e se houver um mínimo de senso de Justiça, a grande história da Odebrecht será mesmo a que atinge o chanceler José Serra, que recebeu R$ 23 milhões numa conta secreta na Suíça, que, até onde se sabe, ainda não teve seu sigilo quebrado; Serra, curiosamente, dizia ter receio de que Lula fugisse do Brasil para escapar das investigações

247 – No dia 28 de outubro deste ano, uma sexta-feira, a Folha de S. Paulo desovou o capítulo da delação da Odebrecht referente ao chanceler José Serra. Era uma bomba: em 2010, o então candidato do PSDB à presidência da República, recebeu R$ 23 milhões da empreiteira numa conta secreta na Suíça, que, ao que consta, ainda não teve seu sigilo quebrado (leia mais aqui).
Antes disso, no domingo 23 de outubro, o alvo havia sido o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Seu "presente" da Odebrecht havia sido nada menos que o Itaquerão – o que virou motivo de piada, uma vez que o Corinthians deve mais de R$ 900 milhões à construtora pela obra (leia mais aqui).
Agora, em mais um domingo, a Folha retomou a carga contra o ex-presidente Lula. O "mimo" teria sido uma reforma num patrimônio público: a piscina do Palácio do Alvorada, que hoje pode ser usada por Michel Temer, que chegou sem votos à presidência (leia aqui). 
Assim como no caso do Itaquerão, a reforma da piscina como exemplo de corrupção também caiu no ridículo. "Surreal e kafquiana, para dizer o mínimo, a nova investigação em curso para saber se a Odebrecht teria 'beneficiado' Lula fazendo, de graça, consertos na piscina do Palácio do Alvorada. 'Beneficiado', como? Lula, agora, virou dono do Palácio do Alvorada? Se a construtora consertou a piscina do palácio, ótimo. Ela arrumou e valorizou o patrimônio público. Nesse caso, qual foi o prejuízo para o erário?", questiona o experiente jornalista Mauro Santayanna (leia aqui).
Para o cientista político Luis Felipe Miguel, da Universidade de Brasília, a nova denúncia demonstra que ainda não se conseguiu encontrar elementos consistentes contra o ex-presidente Lula (leia aqui).
Ou seja: ainda não se encontrou nada que possa fazer sombra às acusações que pesam contra políticos como José Serra e muitos outros que integram o governo Temer. Mas como Serra ainda não foi incomodado pela Justiça ou pela imprensa, ele chegou até dizer que considera plausível a ideia de que Lula esteja pensando em fugir do País.

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

NOSSA PÁGINA

Formulário de contato