featured

Em audiência pública, sociedade repudia privatização da UERN

novembro 22, 2016Senador Georgino Avelino Minha Cidade

Estudantes, professores e técnicos administrativos da UERN lotaram o plenarinho da Assembleia Legislativa (AL), na tarde desta quinta-feira (17), para participar da audiência pública sobre o papel da universidade para o desenvolvimento econômico, social e cultural do RN. O debate foi proposto pelo deputado estadual Fernando Mineiro (PT), que se declarou contrário à ideia de privatização da única instituição pública de ensino superior do Estado.
_dsc6985
O professor Pedro Fernandes, reitor da instituição, destacou a importância da UERN para a disseminação do ensino superior no interior do Rio Grande do Norte. De acordo com ele, a instituição oferece mais de 70 cursos regulares de graduação presencial – além da graduação à distância, 19 mestrados e 2 doutorados.

“Estamos presentes em todas as regiões do RN, através de 6 Campi e 11 Núcleos Avançados. Nós somos protagonistas na formação de professores, que levarão para aos mais distantes rincões a educação formal para nossas crianças, porque sem educação formal não é possível aplicar o conhecimento que a tecnologia oferece para o nosso desenvolvimento”, comentou.

“UERN não é um fardo”, declara reitor
_dsc6968
O reitor rechaçou o argumento de que a UERN representa um “peso” para o Estado. “A UERN não é cara; caro é o subdesenvolvimento. A UERN não é um fardo; fardo é o analfabetismo. A UERN não é um peso; pesado é o atraso econômico. Não temos como acatar nenhuma proposta de contenção dos investimentos em educação. É por isso que nos posicionamos contra essa PEC 55”, declarou.

Para o presidente da Associação dos Docentes da UERN (Aduern), Lemuel Rodrigues, o discurso de que a instituição geraria prejuízo para o RN vem daqueles que defendem a redução do papel do Estado.

Ele informou que o orçamento autorizado da UERN para 2016 é de R$ 298 milhões, tendo sido executado até agora R$ 261 milhões. Dos R$ 27 milhões autorizados para custeio, foram executados R$ 145 milhões. Para investimento, foram autorizados R$ 13,35 milhões, tendo sido executados R$ 4,35 milhões.
20161117_160317
“Vejam como o RN investe pouco na educação superior. Veja como os discursos veiculados na imprensa não batem com os números oficiais. Do Orçamento da UERN, 1,78% apenas foi de investimento do Estado”, acrescentou.

Ele pediu, ainda, que a Assembleia Legislativa “barre qualquer tentativa de privatização da UERN, para que ela continue sendo uma universidade pública, gratuita e de qualidade”.

O público presente à audiência reagiu ao discurso entoando palavras de ordem contra a ideia de transferir a universidade estadual para a iniciativa privada. Um dos gritos mais entoados dizia que “A nossa luta não vai parar. A UERN não vai privatizar”.

“As oportunidades nem sempre chegam aonde deveriam chegar”

Já o representante do Sindicato dos Técnicos da UERN (Sintauern), Francisco Elineudo de Freitas, destacou o impacto cultural, social e econômico operado pela UERN, através da formação de milhares de estudantes no interior do RN.

Para o estudante Tasso da Costa Alves, diretor do DCE da UERN, “deveríamos estar aqui pautando investimentos na UERN, mas estamos gritando contra os que querem a privatização da nossa universidade”.
_dsc7050
Ele ressaltou o papel da UERN na transformação da vida das famílias pobres do RN, que vislumbram na formação dos seus filhos uma possibilidade de melhoria na sua condição econômica.

“As oportunidades nem sempre chegam aonde deveriam chegar. É a UERN que proporciona essas oportunidades”, frisou.

A secretária adjunta de Educação do RN, Mônica Maria Guimarães, afirmou que o governador Robinson Faria assegurou que não irá fazer nenhum movimento no sentido de privatizar a UERN.

“O Estado está em crise, mas acreditamos que não é cortando os gastos em educação nem privatizando uma instituição de ensino superior que vamos encontrar a saída para esse momento de dificuldade”, declarou.

Já nos encaminhamentos da audiência, Mineiro se comprometeu a buscar a adesão de mais deputados ao documento entregue pelo DCE em defesa da UERN, disse que irá tentar intermediar a audiência do governador com a representação da Aduern e, por fim, colocou novamente seu mandato à disposição de estudantes, professores e toda a comunidade uerniana nas lutas em favor da instituição.
_dsc7002
Participam da audiência pública os deputados estaduais Souza Neto (PHS), George Soares (PR) e Carlos Augusto Maia (PSD), a suplente de deputada estadual Larissa Rosado (PSB), o vereador mossoroense e representante da Frente Parlamentar em Defesa da UERN Francisco Carlos (PP), além de representantes de diversas instituições ligadas à defesa da educação pública.

Fotos: Vlademir Alexandre.

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

NOSSA PÁGINA

Formulário de contato