featured

Obra para tapar cratera na Zona Norte de Natal deve durar 20 dias, diz STTU

março 03, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade

Cratera se abriu no início da avenida João Medeiros Filho, Zona Norte de Natal (Foto: Ítalo Di Lucena)
A cratera aberta pelas chuvas na João Medeiros Filho, uma das principais avenidas da zona Norte de Natal, deve ser reparada em 20 dias, caso não chova. Até lá, a avenida permanece interditada nos dois sentidos.  De acordo com a Defesa Civil do Município, das 7h da quinta-feira (2) às 7h desta sexta-feira (3) choveu 133 mm em Natal.

CLIQUE E VEJA FOTOS DE RUAS ALAGADAS NA GRANDE NATAL

Segundo o inspetor Carlos Eugênio, chefe de Setor de Intervenção Viária da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), as obras são coordenadas pela Secretaria Municipal de Obras e Viação (Semov) e já começaram na manhã desta sexta.

Com a cratera, os carros que seguem pela João Medeiros Filho precisam desviar na altura da área de lazer do conjunto Panatis, pegar a avenida Paulistana e, em seguida, a avenida das Fronteiras para poder chegar ao gancho de Igapó. Com isso, os ônibus também mudaram o itinerário e os passageiros que pegavam o transporte coletivo no trecho precisam se deslocar aos pontos que ficam no caminho alternativo.
Cratera se abriu no início da avenida João Medeiros Filho, Zona Norte de Natal (Foto: Ítalo Di Lucena/Inter TV Cabugi)
Para quem vem para a Zona Norte, a interdição direciona os carros para a rua Campo Santo, os veículos seguem pela rua Salvador e voltam para a avenida João Medeiros Filho pela rua Felipe Camarão.

Ainda de acordo com a STTU, será preciso recuperar a tubulação de drenagem de águas pluviais, que se rompeu e abriu a cratera, para depois recompor o asfalto.

Transtornos
A chuva que cai em Natal desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (2) alagou ruas e vem causando transtornos à população de Natal. A Defesa Civil recebeu pelo menos 20 chamados e precisou intervir para garantir a segurança da população em alguns trechos.

Em Parnamirim foram identificados pontos de alagamento no Centro, na avenida Brigadeiro Everaldo Breves e na avenida Tenente Medeiros. Moradores do bairro Jardim Planalto também apontam áreas bastante alagadas.
Túnel da avenida Capitão Mor Gouveia que corta a avenida Prudente de Morais. (Foto: Foto: Divulgação / STTU)
No viaduto que está sendo construído em Emaús, houve um deslizamento de terra e a marginal da via, no sentido Natal/Parnamirim, foi interditada temporariamente para que a lama seja retirada do local.

Na BR-406, estrada que dá acesso ao Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, três postes tombaram e ficaram presos apenas pelos fios de alta tensão. O fornecimento de energia foi interrompido naquela área afetando mais de 6 mil usuários.

Do G1 RN

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

Contatos:
(084) 99212 - 7306
marconeptgeorgino@hotmail.com
Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Informações 24/7