Em reunião nesta segunda; Diretor da Monsenhor Pegado em Georgino Avelino relata a real situação do Prédio Escolar

agosto 08, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade

Para alguns Pais Georginenses que já esperavam por uma reunião no âmbito escolar da Mosenhor Pegado em Georgino Avelino, o dia chegou!
Na tarde desta segunda-feira 07 de Agosto, diversos Pais Georginenses participaram de uma reunião realizada pela direção da Escola municipal. Na oportunidade, diversos temas foram discutidos entre Direção e Pais.
Muito daqueles que ali estavam, queriam saber realmente o motivo de parte dos alunos serem prejudicados com a falta de aulas no município no período de chuvas. Portanto, este motivo foi esclarecido na tarde da última segunda-feira (07/08).
A Reunião, teve a participação de Diretor, Vice e demais representantes da Escola, além de Professores, Pais e alguns alunos.


Durante a reunião, foram distribuidos Papeis para que Pais perguntassem ou até mesmo opinassem para assim contribuir também com a reunião, no entanto, em um dos relatos, o tema foi a "Reforma da Escola", quando então o Diretor João Paulino da Monsenhor Pegado exclamou; "Áh que sonho!" e relembrou sua preocupação em relação ao Prédio da Escola.
Em outra oportunidade, também em sua fala, o diretor destacou e apontou um dos pontos de perigo, principalmente no período de chuvas no município. Relatou também a situação da Calha do telhado do Prédio, um dos causadores de alagação ao prédio.


Ao participarmos da Reunião e conferirmos a situação do Prédio Escolar, tivemos certeza do que muitos relatam que é a questão da estrutura do Prédio da Escola Monsenhor Pegado em Georgino Avelino. Num dia de Sol, a estrutura não mostra ser comprometida, portanto, em dias com chuvas, a realidade aparece.
O quanto é preocupante vermos alunos não serem realmente beneficiados com um prédio escolar que ofereça tranquilidade e segurança para um melhor aprendizado. Realmente, nossa classe política deveria olhar mais para a educação que aos poucos vem se distanciando da vida de muitos alunos, que no final de tudo sofrerão com o não aprendizado.
Para muitos que acompanham a real rotina dos educadores do município, vêem que não é fácil enfrentar situações desagradantes, uma vez que, como relatou o Diretor da E.M.M.P "É triste a situação". 
Para muitos, uma maquiagem, para outros uma realidade. 

"Indignação" é a palavra usada por alguns Pais e até mesmo alunos, se proceder a confirmação de que no final do ano letivo, aulas que foram dispensadas devido motivos das chuvas que fez com que alunos ficassem durante dias sem estudar, venham a acontecer nos sábados. 

Porém, é uma prejudicialidade que não satisfaz para alguns, mas, para chegarmos ao final do ano letivo ainda teremos meses pela frente.


Na reunião, a Professora Elione Soares, também relatou um acontecimento com sua filha que estuda na série do 4º Ano, segundo ela, o modo de ensino de uma Professora não está satisfazendo, e vem causando também insatisfação, assista aos vídeos.

"Falta de Capacitação" - Foi um dos termos usados por alguns Pais em relação aos novos Professores da Escola. 
Assuntos como o transporte Escolar, que faz a condução dos alunos até a Escola, foi um dos destaques durante a Reunião, outro foi em relação aos Fardamentos. De outra forma, também foi destacado o uso de aparelhos celulares durante as aulas.
Como Professora, Elizabeth Souza também relatou explicações juntamente com a diretoria da Escola, que, relataram aos Pais algumas soluções para que fossem tomadas em relação á alunos.
No final de tudo, este é o retrato de um prédio escolar, que já chegou a oferecer qualidade de ensino aos alunos Georginenses, hoje, estamos vendo apenas um prédio que realmente não oferece sequer segurança para a classe estudantil da Sede do município. 
Para quem passa pelo lado de fora do Prédio, se ver uma maquiagem, em vez da realidade. Sem falar que o ex - prefeito do município e a atual prefeita, ambos exercem também a função de Professor(a), mas não solucionaram o problema da Monsenhor Pegado, que já vem passando por situações parecidas á anos, mais que aos poucos vem se agravando, e assim só resta deixarmos um texto literário "ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA, TANTO BATE ATÉ QUE FURA".

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

Contatos:
(084) 99212 - 7306
marconeptgeorgino@hotmail.com
Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Informações 24/7