Claudia Leitte pode ter de devolver R$ 1,27 mi a cofres públicos

outubro 22, 2016Senador Georgino Avelino Minha Cidade

Claudia Leitte na inauguração da agência ACT10N, de Marcus Buaiz
A cantora Claudia Leitte teve rejeitada a prestação de contas de um projeto de shows pelo Norte, Nordeste e Centro-Oeste, que havia sido autorizado a captar recursos via Lei Rouanet, e pode ter de devolver 1,2 milhão de reais aos cofres públicos. A jurada do reality show The Voice Brasil, da Globo, pediu autorização para captar 6,5 milhões de reais para 12 shows em 2013, e recebeu aval para 5,88 milhões de reais, dos quais captou o valor agora cobrado – mais exatamente, o Ministério da Cultura (MinC) pede de volta 1,27 milhão de reais para ao Fundo Nacional da Cultura.

Os shows aconteceram entre maio e julho de 2013 em doze capitais: Rio Branco (AC), Macapá (AP), Belém(PA), Manaus (AM), Porto Velho (RO), Boa Vista (RR), Teresina (PI), João Pessoa (PB), São Luís (MA), Fortaleza (CE), Goiânia (GO) e Brasília (DF).

Procurada, a assessoria de imprensa da cantora encaminhou uma “Nota de Esclarecimento” dos advogados da produtora Ciel, ligada a Claudia Leitte. O texto, assinado pelo escritório Dessimoni e Blanco Advogados, nega que a prestação de contas seja insatisfatória. “TODOS os eventos do projeto foram realizados e devidamente comprovados ao Ministério da Cultura (Minc). Estamos averiguando os motivos da reprovação da prestação de contas junto ao MinC e informamos ainda que entraremos com recurso, pois a Ciel está apta a comprovar a realização dos eventos, bem como a distribuição dos ingressos”, diz a nota.

Além de ser obrigada a devolver o valor citado, Claudia Leitte pode ser impedida de pleitear novas captações.
Da Veja

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

Contatos:
(084) 99212 - 7306
marconeptgeorgino@hotmail.com
Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Informações 24/7