Estreia e despedidas: axé domina a terceira noite do Carnatal 2016

dezembro 04, 2016Senador Georgino Avelino Minha Cidade

Bell Marques Carnatal 2016 - sábado (Foto: Augusto Gomes/G1)
A terceira noite do Carnatal 2016 foi dominada pela axé music. Da "velha guarda" formada por Bell Marques, Durval Lelys e Ricardo Chaves, aos contemporâneos Saulo Fernandes e a dupla Rafa e Pipo Marques, da banda Oito7Nove4. A alegria se estendeu por mais de sete horas no percurso do corredor da folia e na Arena Carnatal. O sábado (3) começou com a despedida do bloco Vumbora!, sob os hits de Bell. Com um repertório comosto pelas músicas que fizeram sucesso nas décadas de 1980 a 1990, o cantor emocionou os fãs. Neste domingo, Bell se apresenta em um camarote temático e trará as canções do DVD "Fênix".
Durval Lelys também surgiu para a segunda e última aparição do bloco Me Abraça. Emocionado com o carinho do público potiguar, que voltou a festejá-lo pelo aniversário, mesclou um repertório romântico, cantando algumas músicas sertanejas, mas sem deixar de lado os sucessos do tempo em que liderou a Asa de Águia. Durante o percurso, Durval convidou o cantores Felipe Pezzoni, da Banda Eva, e Robson Morais, que foi vocalista da Banda Mel.
O terceiro bloco a sacudir a micareta foi o Bicho, que iniciou o trajeto com Ricardo Chaves no comando do bloco. Com letras marcantes para milhares de foliões, o cantor entrou na avenida mostrando que "o Bicho não é um bloco, mas um estado de espírito". A frase embala o público, que se envolve em uma atmosfera de alegria, ao som de hits como "Deitar e rolar", "Só você", "Olhe o gelo" e "O Bicho", que dá nome ao bloco que está há mais de 20 anos na micareta potiguar.
A novidade da noite foi a estreia do bloco Ôbaiuno, puxado pelo cantor Saulo Fernandes. O cantor, que não puxava um trio no Carnatal há cinco anos, ainda pelo antigo bloco Caju, agradeceu o carinho dos potiguares.
"Era uma saudade de cinco anos em puxar um trio aqui em Natal. Eu toquei na Arena Carnatal em 2014, foi super bacana, mas só eu sei o que é ficar de fora do Carnatal. É uma onda muito louca, porque é uma micareta muito importante para a gente. Mas aí rolou a moviumentação dos fãs, das pessoas que gostam do trabalho, me carregando pelos braços. Tocar em um dia com Durval, Bell e Ricardo é uma honra também", contou Saulo.
Sobre o nome do bloco, escolhido pelos próprios foliões, Saulo conta que a produção do bloco organizou uma enquete e o nome surgiu nas redes sociais. Outra novidade do cantor é o lançamento do terceiro álbum solo, intitulado "O Azul e o Sol". A previsão é que seja lançado oficialmente em janeiro de 2017, mas cinco canções já estão disponíveis na internet.
"O bloco tem uma energia muito boa, a partir do momento que a galera escolheu o nome. É uma mistura de 'ôbaiê' com Baiuno, que é o nome do meu último trabalho. Eu amadureço a cada segundo, a cada trabalho, eu me transformo porque eu faço arte. Eu me sinto mais confiante e estar aqui no Carnatal é ainda mais instigante. A saudade do trio elétrico me faz sentir mais jovem. Vai chegando o verão, a gente vai ficando mais quente por dentro, e isso acaba sendo um ensaio para o carnaval. O terceiro álbum é 'O Azul e o Sol', que deve estar saindo em janeiro. Vou tocar algumas canções dele para já ir testando com o público", revelou.

Em 2015, o artista foi uma das atrações da Arena Carnatal e, por conta da imensa quantidade de pedidos dos fãs, a Destaque, empresa responsável pela organização do Carnatal, montou a estrutura para um novo bloco. Inspirado no álbum "Baiuno", a atração pareceu um arrastão de alegria pelo corredor da folia. Com o hit "Raiz de Todo Bem", eleita a melhor música do Carnaval do ano passado, Saulo não deixou ninguém parado. Com uma carreira autoral e em ascensão desde 2013, quando passou a se dedicar ao projeto solo, o artista vem acumulando sucessos e emocionando os fãs.
Na Arena Carnatal, a sensação do sábado foi a dupla Rafa e Pipo Marques, da banda Oito7Nove4. Com os hits "Se não puder voar", "Se você fosse um peixinho", a dupla apresentou o repertório do novo DVD, gravado em uma casa na Baía de Todos os Santos, na Bahia, que contou com as participações de Wesley Safadão e Jorge & Mateus.
Do G1/RN

Image and video hosting by TinyPic

You Might Also Like

0 comentários

Contatos:
(084) 99212 - 7306
marconeptgeorgino@hotmail.com
Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Informações 24/7